Carta anónima (Ordenados em Portugal)

Não sei bem quem é o Autor desta carta, é daquelas que nos vem parar na caixa do correio electrónico…

Não sei se isto é verdade (as cifras) mas é interessante dar uma leitura e compará-la com o que se tá a passar:

——————————————Começo da Carta
(com alguma edição ortográfica e de apresentação)

~

Eu faço a minha parte, trabalho que nem um louco para conseguir pagar ordenados baixos e impostos altos.
Pergunto-me… se fossem ordenados altos e impostos baixos, contas feitas, ainda dava para investir mais no negócio, dar prémios de productividade, estar em cumprimento com todas as minhas obrigações atempadamente e… se calhar a economia nacional, através de todas as Micro e PME’s, espelhariam um crescimento a curto prazo, ou estarei assim tão enganado?
Sim, economista não sou, deputado muito menos, mas estarei enganado?
Claro que os deputados e todos os personagens na A.R. têm de ganhar bem e viajar muito, claro, assim representam com dignidade a porcaria que fazem, e pedem ajuda externa com algum nível…
Só visto!!! Vejam como em sensívelmente 10 anos, conseguimos deixar que o País se enchesse de emigrantes, sem qualquer tipo de controle (cá para nós ainda bem que vieram, pois o tuga não se dignava fazer qq tipo de trabalho), agora a maior parte já bazou e começamos nós a emigrar… Angola, Brasil, …
Isto só visto!!!
Amo-te Portugal.
Olha cá vai disto, mais um mail que espelha a indignação colectiva, verdade ou não? Perguntem-lhes!
Eu já não acredito em nenhuma info que vem a público.
A malta quer é bola e minis… até já; e se possível são mais ums tremocinhos que são de borla e fica bem , para além de enganar o estômago…
Assunto: Diário da República nº 28 – I série (para que se divulgue…)

‘Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e
sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos
de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de
dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz
de sacudir as moscas…’
Guerra Junqueiro, in “Pátria”, escrito em 1896

Diário da República nº 28 – I série – datado de 10 de Fevereiro de 2010 – RESOLUÇÃO da Assembleia da República nº 11/2010.

Poderão aceder através do site http://www.dre.pt

Algumas rubricas do orçamento da Assembleia da Republica
1 – Vencimento de Deputados …………….12 milhões 349 mil Euros
2 – Ajudas de Custo de Deputados…………2 milhões 724 mil Euros
3 – Transportes de Deputados ……………..3 milhões 869 mil Euros
4 – Deslocações e Estadas …………………2 milhões 363 mil Euros
5 – Assistência Técnica (??) ………………..2 milhões 948 mil Euros
6 – Outros Trabalhos Especializados (??) …..3 milhões 593 mil Euros
7 – RESTAURANTE,REFEITÓRIO,CAFETARIA…..961 mil Euros
8 – Subvenções aos Grupos Parlamentares………..970 mil Euros
9 – Equipamento de Informática …………2 milhões 110 mil Euros
10- Outros Investimentos (??) …………..2 milhões 420 mil Euros
11- Edificios ……………………………………..2 milhões 686 mil Euros
12- Transfer’s (??) Diversos (??)……………13 milhões 506 mil Euros
13- SUBVENÇÃO aos PARTIDOS na A. R. ….16 milhões 977 mil Euros
14- SUBVENÇÕES CAMPANHAS ELEITORAIS …73 milhões 798 mil Euros

NO TOTAL a DESPESA ORÇAMENTADA para o ANO de 2010, é :€ 191 405 356,61 (191 Milhões 405 mil 356 Euros e 61 cêntimos) – Ver Folha 372 do acima identificado Diário da República nº 28 – 1ª Série -, de 10 de Fevereiro de 2010.

É VERGONHOSO….,O POVO É QUE TEM DE PAGAR !!!!!!!!!!!! REPASSEM PARA QUE TODOS SAIBAM ACERCA DOS QUE FALAM EM NOME DO POVO E DOS INTERESSES DO PAÍS

O porquê de Portugal estar na falência!
Como se chama a isto em Português?

PORQUE ESTAMOS NA FALÊNCIA??????

(Continuação carta num GIF)

58.688,31 – nº de funcionários públicos que dá para pagar com o mesmo dinheiro…

E DEPOIS AINDA QUEREM SABER SE A MALTA ESTÁ DISPOSTA A ABDICAR DO SUBSÍDIO DE FÉRIAS E/OU NATAL PARA AJUDAR O PAÍS…

DISTRIBUAM e CIRCULEM

—– Finalizar mensagem encaminhada —–

~

——————————————Fim da Carta

Postum Scriptum

Eu pessoalmente não consegui a resolução da Assembleia da República nº 11/2010 a que a carta se refere, vi aqui e aqui.

Se alguém perceber como funciona aquilo, dê uma apitadela que eu publico.

Explore posts in the same categories: "Crise" Económica, Activismo, Corrupção, ЯΞ√ΩLUT↑☼N

One Comment em “Carta anónima (Ordenados em Portugal)”

  1. Michele Says:

    If some one wants expert view regarding blogging then i advise
    him/her to pay a visit this web site, Keep up the pleasant work.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: